Coronavírus causa cancelamentos em eventos literários

Nas últimas semanas um tema ganhou destaque na mídia de todo o mundo, o vírus covid-19 e suas consequências causaram uma situação inesperada para 2020. No Brasil a recomendação de que com exceção dos profissionais que atuam em áreas da saúde, segurança e mercados, todos devem permanecer em suas residências, evitando contrair ou transmitir o novo corona vírus.

Além da mudança na rotina do comércio em geral, envolvendo shoppings, restaurantes e livrarias, diversos eventos de todas as proporções foram cancelados ou adiados. Festivais de música como o Lollapalooza 2020, com programação prevista para a primeira semana de abril, na cidade de São Paulo, iria reunir diversas atrações nacionais e internacionais com a expectativa de milhares de fãs na plateia. O evento foi adiado e existe a expectativa de que aconteça até dezembro.

No ramo literário, além do comércio, locais como bibliotecas públicas, museus e espaços que promovem eventos relacionados à literatura, como a rede SESC e as Casas Literárias de São Paulo, também deram uma pausa de pelo menos 30 dias, em suas atividades, prezando pela saúde de seus colaboradores e redução dos riscos de contágio por conta da aglomeração de pessoas.

Eventos conhecidos no ramo literário também estão se reorganizando para definir uma nova data após o período de quarentena. A 18º edição da Feira Literária de Paraty que aconteceria entre julho e agosto, foi adiada para o mês de novembro, ainda sem data específica definida.

No momento a principal recomendação é que todos permaneçam em suas casa pelo máximo de tempo possível e que aproveitem esse momento para ler bons livros e estudar, enquanto aguardamos por boas novas.